• Cabala News

Rabbi Menachem Azarya e a Tzedaká

No sábado, 25 de julho, foi celebrado o Hilulá (aniversário) do Rabino cabalista Menachem Azarya da Fano (Itália 1548 - 1620), um dos maiores cabalistas italianos. Há informações de que ele aprendia com um anjo (maggid).


Rav Menachem começou a aprender Cabalá com o Rabino Ezra de Pano e depois com o Rabino Yisrael Sruk, que estudou com o Ari, Rabino Yitzchak Luria. Ele também estudou as obras cabalísticas do Rabino Moshe Cordovero.

Compartilhamos aqui um ensinamento muito importante de Rav Menachem sobre a "Justiça Social":


Rabino Menachem sobre "Tzedaká" (justiça social)

A palavra "Tzedaká" - Tzadi, Dalet, Kuf, Hey - quando transposta para o seu equivalente At-Bash (em que cada letra, de acordo com a ordem do alfabeto, é trocada com a letra no local correspondente a partir da outra, a primeira letra (Aleph) se torna a última (Tav), Bet se torna Shin, etc.) acaba sendo exatamente a mesma palavra escrita para trás - Hei, Kuf, Dalet, Tzadi. Isso pode demonstrar que qualquer caridade que uma pessoa der é obrigada a retornar a ela na direção oposta, como "caridade" de Deus! Dê caridade, e Deus salvaguardará sua riqueza.


O Rabino Menachem Azaria de Pano diz em seu livro "Meah Kshita", página 93 do verso: "Se um homem tiver duas esposas, uma amada e outro odiado" (Devarim 21:15). Ele explica que existem dois tipos de almas. "Amado" é a alma sem uma inclinação maligna - nascida um Tzaddik, sem um yetzer hará (inclinação do mal). "Odiado" é aquele que nasce com uma inclinação maligna - ele tem suas batalhas para lutar e passa por muitas lutas. Então, "o filho primogênito será o dela que foi odiado". É precisamente o filho do "odiado" que é o primogênito, ele merece a porção dupla. Para quem nasce com uma má inclinação e luta contra ela, é preferível a quem nasce sem uma má inclinação.


Ele criou a conexão final com os 72 nomes. Com o seu conhecimento cabalístico, ele conectou versos dos Salmos com o nome YHVH e um nome dos 72 nomes. Ele fez isso cerca de 470 anos atrás.

Assim, que pelo mérito do Rabino Menachem Azarya de Pano possamos vencer nossa má inclinação , nos tornarmos seres caridosos e seguirmos em UNIÃO.


Colaboração de Anete Fernandes de Oliveira


26 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 por CabalaNews. Orgulhosamente criado com Wix.com