• Cabala News

Agir, apesar do medo e da dúvida

por Fernando Martins

O Caminho da Luz sempre é o mais difícil. Todo ser humano tem medo, raiva, e outras emoções que nos acometem, em relação aos assuntos aos quais somos mais sensíveis. Funcionam como véus entre nós e o divino. Porém estamos no mundo da Ação (Assiá), e quando qualquer dessas emoções impede nossa ação, está impedindo nossa transformação interna, que é nosso propósito no mundo físico. Portanto é bom e justo que sintamos medo. Mas não devemos deixar de agir por causa dele, ou seremos escravos para sempre. O medo nasce da incerteza ou da dúvida. Há uma história contada pelos cabalistas, sobre um rabino que dormia no deserto em meditação e recolhimento. Perguntaram a ele se ele não tinha medo de ser atacado por feras enquanto dormia. A resposta dele foi: “Eu teria vergonha de temer qualquer coisa que não fosse o Eterno.” Nossa defesa contra o medo é sempre a certeza interna, que brota de nossa alma além das dúvidas mentais e das emoções. Com ela podemos enfrentar nosso temores e fazer aquilo que tememos. Se não agirmos, não há transformação e continuaremos sem saber. Deixando de agir seremos escravos de nosso medo. Não somos vítimas A dúvida e a incerteza possuem um nome-código para os cabalistas: Amalek. Os amalekitas são um dos tipos de 'nefilim' que vieram à terra antes do Dilúvio, e injetaram no ser humano a semente da incerteza, inclusive nos nomes sagrados e na fé. A dúvida é a única coisa que realmente pode afetar toda a nossa prática e nossas ações. A Torá recomenda literalmente o extermínio de todas as sementes dos amalekitas, exterminar a dúvida de nossas vidas. Existe uma ferramenta entre os 72 Nomes Sagrados que pode nos ajudar, usada para isso em Purim: Caf, Hei, Taf – Desarmando a Energia Negativa, a Dúvida e o Estresse A luz purificadora desse nome expulsa as forças negativas espirituais não percebidas, e desativam a influência danosa que possam arrastar-se por perto, especialmente as que habitam em nós. O estresse se dissolve. A dúvida é eliminada. A pressão é liberada. O equilíbrio e a energia positiva permeiam nosso ser e nosso mundo. Também destrói anjos negativos, e retira o mal à nossa volta. Protege contra magia e nos ajuda a dominar o ego. Codificada nela há um nome divino, o mesmo da mezuzá, que impede qualquer energia espiritual negativa de nos atingir. O nome Sha’dai, entidade divina em Iessód está codificado nela, bastando descer uma letra na ordem do alfabeto. Outro dos 72 nomes nos ajuda contra o medo: Men, Nun, Dalet – Sem Medo Meditando nesse nome despertamos dentro de nós a coragem de conquistar nossos medos. Quando confrontamos nossos temores de forma proativa ao nível da semente, nós os arrancamos pela raiz e os removemos. A soma dessas três letras hebraicas é 94, a mesma soma da palavra “extinguir”. Portanto, acessando esse nome poderemos extinguir nossos medos, e eliminar dúvidas e incertezas.


7 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2019 por CabalaNews. Orgulhosamente criado com Wix.com